A Grande Mudança

«A Grande Mudança» é uma leitura obrigatória para qualquer amante de livros. Merecido vencedor do National Book Award e do Prémio Pulitzer, segue uma figura improvável do século XV, Poggio Bracciolini, na sua busca pelo conhecimento. Servidor de pontífices romanos enquanto escriba especializado em documentação oficial, a sua verdadeira paixão eram os manuscritos antigos que procurava incessantemente em mosteiros recônditos espalhados pela Europa. Numa dessas buscas encontrou o que procurava, um manuscrito que iria mudar o mundo.

Da Natureza das Coisas, de Lucrécio, poema datado do século I a. c., expõe a doutrina epicurista desenvolvida na Grécia Antiga, segundo a qual o domínio de si próprio seria o objetivo daquele que almeja a verdadeira felicidade. A filosofia – não a doutrina religiosa – constituiria o meio para atingir esse fim, ideia perigosa nos tempos de Bracciolini, que apesar disso o divulgou. Stephen Greenblatt expõe o extraordinário impacto que a divulgação do poema teve no desenvolvimento do pensamento moderno, ao inspirar figuras marcantes como Galileu, Darwin e Einstein. Uma obra essencial para compreendermos o mundo em que vivemos.

“O que o filósofo grego oferecia não era ajuda para morrer, mas ajuda para viver. Livre da superstição, pensava Epicuro, ficava-se livre para procurar o prazer”.

Título: A Grande MudançaMudança

Autor: Stephen Greenblatt

Editora: Clube do Autor

Ano: 2011

Anúncios