Jaime Bunda

A boa literatura não é apenas composta de grandes obras, densas e profundas. O universo literário é tão vasto quanto os diversos estados de espírito dos leitores, daí a sua riqueza e o fascínio que exerce naqueles que se deixam seduzir pelos seus encantos. «Jaime Bunda» é um companheiro muito agradável para os momentos mais descontraídos, tão agradável que os dois livros que Pepetela escreveu com esta original personagem sabem a pouco. É difícil não desejar continuar a seguir as peripécias deste avantajado detetive, que cativa com o seu estilo desajeitado e ingénuo.

No peculiar ritmo angolano, um país em transformação, pleno de idiossincrasias e contradições, serve de cenário às aventuras mirabolantes de um detetive fascinado por romances policiais. Jaime Bunda faz um esforço atabalhoado para deslindar complexos enigmas, tão intrincados quanto as redes da corrupção e injustiça que marcam a sociedade do seu país. Pois apesar do tom satírico e aparentemente leve dos livros, a crítica social está lá, nas entrelinhas.

“JB despejou o copo de vinho tinto, maneira de limpar as vias de entrada para a caldeirada. Com indisfarçável prazer. Nicolau suspirou de alívio, finalmente o grande detetive gostara de alguma coisa. E ficou concentrado no prato para acompanhar o ritmo de Jaime Bunda em plena e espantosa missão de esvaziar em tempo recorde a panela de caldeirada, pedindo mais para poder servir de conduto aos dois funges de que entretanto se servira. O chefe local dos SIG não sabia se nova panela significava aumento da despesa ou se fazia parte da conta, mas pouco lhe interessava, o serviço nunca fora tão mesquinho ao ponto de analisar à lupa o que se comia em refeições de trabalho, ainda por cima com visitantes ilustres. Não diziam que os SIG estavam fora do Orçamento Geral do Estado? O dinheiro saía de um qualquer saco azul. Portanto, também ninguém controlava despesas menores. E provavelmente nem as maiores, mas isso era blasfémia que só se permitia pensar de boca aferolhada”.

Título: Jaime Bunda agente secreto

bunda

Autor: Pepetela

Editora: Dom Quixote

Ano: 2001

Título: Jaime Bunda e a morte do americano

Americano

Autor: Pepetela

Editora: Dom Quixote

Ano: 2003