O menino de Cabul

«O menino de Cabul» é um livro intenso, profundo, comovente e apaixonante sobre a infância no Afeganistão dos anos 70, antes da guerra com a União Soviética ter vitimado muitos dos seus habitantes, condenando outros tantos ao exílio. É uma sociedade profundamente tradicionalista e hierarquizada, onde a inocência da juventude se depara constantemente com desafios que ameaçam corrompê-la. Mas mesmo neste clima adverso os sonhos simples de todos os meninos sobrevivem. Amir, de 12 anos, sonha impressionar o pai ao vencer um torneio de luta de papagaios, e para tal conta com a ajuda do seu corajoso amigo Hassan, um jovem de casta inferior cujas qualidades evidentes não permitem ultrapassar a ostracização social de que é alvo.

Este amigo fiel acaba por ser vítima de um acontecimento violento, a que Amir assiste inadvertidamente sem intervir. A culpa pela sua passividade perante o ataque ao amigo que sempre o defendeu irá acompanhá-lo ao longo dos anos, na sua fuga para os Estados Unidos com o pai e na sua vida no seu novo país. Já na idade adulta, surge a oportunidade de se redimir pelo erro do passado. Regressa então ao Afeganistão devastado pela guerra, em busca do filho perdido de Hassan, que irá finalmente beneficiar do ato de bondade que havia sido negado ao seu progenitor.

“For you, a thousand times over.”

Nome: O menino de Cabul

Autor: Khaled Housseini

Editora: Bloomsbury

Ano: 2004

Edição portuguesa: Editorial Presença

kite

Anúncios