O Jogador

Aleksey Ivanovich trabalha como tutor para uma família endividada que coloca as suas derradeiras esperanças de salvação financeira na morte de uma tia rica que se recusa a morrer. Apaixonado por uma jovem da família, é desafiado por ela a jogar no casino, uma prova de abnegação amorosa que não consegue recusar. A partir dali, os dados do seu futuro estão lançados.

«O jogador» é um retrato violento sobre o vício. A vida das personagens move-se ao ritmo da sua compulsão para jogar, as suas responsabilidades, afetos e interesses são relegados para segundo plano, nada mais interessa para além do jogo que tem sempre precedência em todas as escolhas e decisões. Ali se fazem e perdem fortunas, ali se navega entre o desespero e a euforia, pois quem ganha hoje perde amanhã. Esta realidade transcende as personagens e contagia o próprio autor, ele próprio viciado no jogo e sob grande pressão para terminar a obra, sob pena de perder os seus direitos de autor.

“Parece-me que Polina, até hoje, me tem olhado como aquela imperatriz antiga que se despia na presença do escravo, pois não o considerava um ser humano”.

Título: O jogador

Autor: Fiodor Dostoievski

Editora: Presença

Ano: 2001

Jogador