A idade da Inocência

O primeiro romance escrito por uma mulher a ganhar o prémio Pulitzer para ficção, em 1921, «A idade da inocência» é uma obra que merece ser saboreada na sua língua original. Retrata um romance, passado em Nova Iorque na década de 1870, que esbarra em convenções sociais preconceituosas e hipócritas, um tema intemporal que pode facilmente ser transposto para outros contextos. Mas mais do que o enredo, é a forma como este é apresentado que cativa e seduz o leitor. Uma escrita elegante descreve as subtilezas do desabrochar de uma relação que não é bem vista socialmente, entre um homem comprometido e a prima da sua noiva, uma mulher divorciada e sofrida.

Como é um amor censurado, é nas entrelinhas que se desenrola, nos pequenos gestos, palavras e olhares cheios de significado para os dois protagonistas, enquanto permanecem indiferentes para quem os rodeia. Mas o afeto entre os dois é incontrolável, acabando por transbordar e evidenciar-se. E a sociedade é cruel quando confrontada com sentimentos que a desafiam, que são anulados sem piedade, dando lugar a uma existência banal, despojada dos voos do coração.

“There was one episode, in particular, that held the house from floor to ceiling. It was that in which Harry Montague, after a sad, almost monosyllabic scene of parting with Miss Dyas, bade her good–bye, and turned to go. The actress, who was standing near the mantelpiece and looking down into the fire, wore a gray cashmere dress without fashionable loopings or trimmings, moulded to her tall figure and flowing in long lines about her feet. Around her neck was a narrow black velvet ribbon with the ends falling down her back.

When her wooer turned from her she rested her arms against the mantel–shelf and bowed her face in her hands. On the threshold he paused to look at her; then he stole back, lifted one of the ends of velvet ribbon, kissed it, and left the room without her hearing him or changing her attitude. And on this silent parting the curtain fel”.

The-Age-of-Innocence

Título: The age of innocence

Autor: Edith Wharton

Editora: Wordsworth Classics

Ano: 1994

Em português está editado pela Publicações Europa-América

Anúncios